DIVULGADA A ESTATÍSTICA DAS AUDIÊNCIAS PRÉ-PROCESSUAIS DE FAMÍLIA REALIZADAS POR VIDEOCONFERÊNCIA

DOMINGO, 04 DE OUTUBRO DE 2020 ÀS 10:39
Compartilhar:

 

No dia 1º de outubro de 2020, foi divulgada a estatística das sessões de mediação pré-processuais virtuais, em matéria de família, realizadas no trimestre anterior.

 

Para participar, o interessado efetua a solicitação de agendamento por meio do preenchimento de formulário eletrônico disponível na página do Nupemec (https://forms.gle/GLHE9xY1mm23WvSz9).

 

Inicialmente, é efetuada triagem, para verificar a viabilidade da prática do ato. Uma vez constatada essa possibilidade, o caso é encaminhado a um dos integrantes da equipe de mediadores voluntários (atualmente composta por aproximadamente 30 mediadores, organizados em grupo de whatsapp).

 

O público que tem recorrido a esse serviço é, na sua grande maioria, composto por pessoas com renda de até um salário mínimo e que concluíram o ensino médio. A maioria das pessoas tomou conhecimento desse serviço pela divulgação efetuada entre os próprios usuários, conforme informam nos formulários de inscrição.

 

Algumas peculiaridades das sessões pré-processuais realizadas por videoconferência:

 

= Elevado percentual de casos solucionados por acordo (aproximado a 100%). Isso decorre do fato de que a parte pouco propensa ao consenso tem recusado a participação na audiência. Isso, no entanto, não significa a preexistência de consenso em relação às pessoas que aceitam participar do procedimento autocompositivo. Ao contrário, vários casos têm se apresentado complexos, o que exige a realização de mais de um encontro (para 43 casos solucionados, foram realizadas 64 sessões de mediação e 22 pré-mediações). A participação das sessões pré-processuais é espontânea, mas a recusa da audiência pode decorrer por motivos relacionados à tecnologia ou mesmo em face da expectativa do retorno às sessões presenciais.

 

= Outra particularidade tem sido a opção pela comediação, o que de certo modo assegura a realização das audiências, mesmo quando ocorre alguma dificuldade com a conexão em relação a um dos mediadores.

 

= Facilidade da realização do encontro por pessoas que residem em locais distantes.

 

= O agendamento dos encontros em horários não convencionais também tem favorecido o entendimento. Quando o mediador concorda em proporcionar a facilidade de agendar um encontro em horário que seja mais adequado à parte, isso, sem dúvida, contribui para o resultado do trabalho.

 

ESTATÍSTICA